sexta-feira, 5 de fevereiro de 2010

Lasanha do Mar

Cá em casa gostamos muito de lasanha. Muito mesmo. E experimentamos novos sabores e combinações sempre que há oportunidade. De atum, de salmão, de bacalhau, de vegetais, de cogumelos, de peixe, enfim, do que a imaginação e a disposição ditarem.

Esta lasanha serviu para aproveitar umas sobras de peixe que já não chegavam para uma refeição e que, como tal, estavam um pouco desconsoladas no frigorífico. Tiveram um fim muito digno nesta lasanha, e com as ameijoas a juntarem-se à festa, fizeram um belo repasto.


Lasanha do Mar


* restos de peixe *

* 1 embalagem de placas de lasanha (das que não precisam de pré-cozedura, ou massa fresca de lasanha)

* 500g de ameijoas vietnamitas

* 1 cebola grande

* 1 colher de sopa de manteiga ou margarina

* 1 colher de sopa de farinha

* 3 dl de leite

* sal, pimenta e noz-moscada q.b.


Primeiro, cozem-se as ameijoas em água com sal, dois dentes de alho e uma folha de louro. Quando estiverem abertas e cozidas escorre-se a água e reservam-se.

Entretanto, prepara-se o molho béchamel, que vai ser o substrato do peixe e das ameijoas: derrete-se a manteiga e coloca-se a farinha. Deixa-se cozer até aparecer à superfície uma espuma esbranquiçada. Introduz-se o leite morno de uma só vez e mexe-se muito bem com a vara de arames ou a colher de pau até a mistura de farinha e gordura estar completamente fundida no leite. Tempera-se com sal, pimenta e noz-moscada e deixa-se cozer em lume brando uns cinco minutos até reduzir.

De seguida, faz-se um refogado com a cebola picada e com o azeite. Quando a cebola estiver translúcida, coloca-se o peixe e parte das ameijoas, as quais foram previamente descascadas. Tempera-se de sal se necessário. Podem adicionar-se umas gotinhas de limão.

Após a fusão dos sabores do peixe com a cebola e as ameijoas, junta-se o béchamel a estes. Mistura-se tudo muito bem e deixa-se retomar a fervura.

Unta-se um tabuleiro de forno com um fio de azeite e dispõem-se as placas de lasanha de modo a cobrir o fundo. Forram-se as placas de lasanha com uma porção do preparado anterior de béchamel, peixe e ameijoas. Repetem-se estas operações até não haver mais recheio. Termina-se com uma camada de massa de lasanha.

No topo, polvilha-se com queijo ralado (usei queijo emmental) e, por graça, metem-se umas ameijoas com casca por cima.

Vai ao forno até o queijo gratinar e a lasanha cozer (aproximadamente 25 minutos), e está pronta :)


Fica muito boa! Bom apetite :)

________________________________________________

* usei tintureira, que tinha sido assada no forno só com um fio de azeite, sal e sumo de limão, mas qualquer peixe de carne firme pode ser usado.

2 comentários:

Abelha Maia disse...

Esta lasanha têm muito bom aspecto.
bj

Luísa Alexandra disse...

Uma óptima alternativa às lasanhas tradicionais.
Ficou muito bem!